Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Guilty Pleasure

My Guilty Pleasure

What About... 2020?

Como é bom começar a semana com uma folga e, apesar do frio, com um sol retemperador e convidativo...

2020 ainda está a escancarar as suas portas e janelas e por muito assombro que pareça existir neste mundo em que vivemos, a esperança em dias mais felizes e sorridentes mantém-se inalterada para um ano que terá de ser forçosamente, no meu caso pessoal, de mudanças. Há sonhos que quero realizar e alguns não podem ser mais adiados. Não me pode faltar a coragem para os tentar concretizar e pôr em prática, doa a quem doer.

É com este espírito empreendedor e otimista que mando um enorme beijinho para todos/as, com votos de um excelente ano de 2020!

 

Stop smoking...

 

Vai uma gaja ao escritório do outro lado da cidade tratar de uns afazeres e acende-se uma luz amarela no meu cérebro!
Falta tabaco! Abrando em frente ao café, não há estacionamento e o carro da GNR está parado mesmo em frente à Óptica... Siga, compro nas bombas. Carrinha a trabalhar, entro cheia de pressa e deparo-me com duas raparigas vistosas, quase tão bonitas como eu e bem arranjadas, finjo que nem reparei, querem-me vender alguma coisa, pensei eu...
Bingo! À saída sou barrada! Aquelas unhas arranjadas, o batom, o rimel, o sorriso, tudo armas de persuasão usadas na técnica de venda.
Boa tarde, blá blá blá cartão solidário e blá blá blá em alta rotação, retorquindo eu com uma frase firme: Estou cheia de pressa!
- Claro, não demora nada, já conhece o cartão Y e blá blá blá acelarado... Respondo eu:
- Conheço a minha cidade e mal!
- Blá blá blá... e eu a pensar: estás a falar para o prima e os vizinhos a gravar.
Diz o funcionário atrás do balcão, que andou comigo na escola: Ajuda Guilty Girl, deixa de ser forreta.
O blá blá blá continua até que chega a parte do não custa nada, não tem fidelização nem custos adicionais, é só vantagens!
Eu penso: estou farta de ouvir isso e lixo-me sempre!
Passou para a parte, só tem que pagar agora 10 € e dizer-me o primeiro e ultimo nome.
- Não tenho aqui dinheiro comigo...
- Não faz mal, paga com o cartão.
- Dasss... penso eu e respondo com o ar mais diplomático do mundo:
- Não estou mesmo interessada!
- Diga-me então o seu nome?
- Sarna!
- Concerteza esse não é o seu nome!
- Pois não, é o seu!...
Conclusão, tenho que deixar de fumar!!

10 coisas que adoro e odeio.

odeio 2.jpg

10 Coisas que adoro (não necessariamente por ordem)

1. Saias e vestidos

2. cabelos bonitos/penteados bonitos

3. saladas coloridas

4. viajar de avião

5. dormir, muito!

6. café

7. Andar de salto alto

8. batôn vermelho

9. A minha profissão

10. A família!

 

10 Coisas que Odeio (não necessariamente por ordem)

1. Casacos de cabedal

2. Favas

3. Faltas de educação

4. Mentiras

5. Hyppie style outfits

6. Vinho 

 7. Conversas de circunstância

8. Deixar o batôn vermelho em casa

9. O frio

10. Saias compridas!

Quem Tem Brio Não Tem Frio

Gosto destes dias de Inverno onde o tempo não obedece rigorosamente ao calendário e também há luz e cor. São dias que me ajudam a preencher a alma, dias em que a brisa menos suave e mais agreste não é mais forte do que a minha vontade de calcorrear as pedras da calçada da cidade onde moro e de rodopiar sobre mim própria ou sobre todos aqueles que me mostram sorrisos quase tão belos como o céu matinal pintado pelo solstício que se aproxima.

Nestes dias em que o frio não é muito frio, adoro testar a paciência do inverno e provar que nem ele consegue entorpecer as minhas mãos quando as coloco em pala e prescruto o horizonte até onde a minha vista alcança, em busca daqueles meus sonhos que são cada vez mais inadiáveis, mas que as circunstâncias do dia a dia me têm arranjado sempre uma desculpa para os deixar guardados de lado e mortiços.

Quem tem brio não tem frio, já dizia a minha avó, descrita por algumas conterrâneas e contemporâneas como a menina mais fina, delicada e vaidosa da rua onde viveu mais de meio século. E em dias iguais aos de hoje lembro-me sempre dela e das palavras sábias dessas senhoras que insistem em encontrar em mim parecenças com ela, porque, de manhã, ao remexer no meu closet, procuro sempre a melhor forma de a homenagear.

-Avó, espero hoje ter conseguido!

winter look 2.jpg

Stop smoking...

 

Vai uma gaja ao escritório do outro lado da cidade tratar de uns afazeres e acende uma luz amarela no cérebro!
Falta tabaco! Abrando em frente ao café, não há estacionamento e carro da GNR mesmo em frente à Óptica... Siga, compro nas bombas. Carrinha a trabalhar, entro cheia de pressa e deparo com duas raparigas vistosas, quase tão bonitas como eu e bem arranjadas, finjo que nem reparei, querem-me vender alguma coisa, pensei eu.
Bingo! À saída sou barrada! Aquelas unhas arranjadas, o batom, o rimel, o sorriso, tudo armas de persuasão usadas na técnica de venda.
Boa tarde, blá blá blá cartão solidário e blá blá blá em alta rotação, retorquindo eu com uma frase firme: Estou cheia de pressa! 
- Claro, não demora nada, já conhece a Apav e o Crescer e o Sorriso Solidário e blá blá blá acelarado... Respondo eu:
- Conheço a minha cidade e mal!
- Blá blá blá... e eu a pensar: estás a falar para o prima e os vizinhos a gravar.
Diz o funcionário atrás do balcão: Ajuda, deixa de ser forreta. 
O blá blá blá continua até que chega a parte do não custa nada, não tem fidelização nem custos adicionais, é só vantagens! 
Eu penso: estou farta de ouvir isso e lixo-me sempre!
Passou para a parte, só tem que pagar agora 10 € e dizer-me o primeiro e ultimo nome.
- Não tenho aqui dinheiro comigo...
- Não faz mal, paga com o cartão.
- Dasss penso eu. 
Puxo da carteira e dou-lhe os 10 €.
- Diga-me então o seu nome?
- Sarna!
- Concerteza esse não é o seu nome!
- Pois não, é o seu!...
Conclusão, tenho que deixar de fumar!!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Selvagem Contemporaneidade.

    25 Maio, 2022

    Às vezes, no silencioso sufoco da conturbada e estranha contemporaneidade que nos tem vindo a (...)

  • Quem tem brio não tem frio.

    08 Fevereiro, 2018

    Gosto destes dias de Inverno onde o tempo não obedece rigorosamente ao calendário e também (...)

  • Adoro os anos vinte.

    29 Setembro, 2017

    Adoro os anos vinte! Foi uma época onde reinou a loucura de viver, uma década de (...)

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub