Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

My Guilty Pleasure

My Guilty Pleasure

What's the next step?

Não há melhor soporífero para a debandada geral dos nossos sonhos, principalmente quando parece que o chão estremece e foge, do que o trazer à tona a memória de dias felizes. Pois, eu sei, são aqueles dias que nunca mais voltam, quer por força das contingências do calendário, ou das próprias circunstâncias da nossa existência, mas é inegável contrariar aquele dito que, se o coração for uma fortaleza inexpugnável, podemos vivenciar tudo aquilo que de bom já experimentámos, sempre que quisermos.

Sei que ultimamente tenho-me refugiado numa onda nostálgica algo tempestuosa, mas talvez fosse bem pior se eu me refugiasse em outras coisas menos recomendáveis a até físicas, que pudessem, ou não, colocar terceiros no prato da balança das minhas emoções, para colocar novamente nos píncaros os meus índices de confiança e motivação, mas não sei se já estou de novo preparada para tal passo.

face2.jpg

 

Travelling mind

Tempos de intempérie são também tempos de esperança e de renovação, principalmente numa época em que se recorda um bem tão precioso como é o da liberdade. De facto, quando imagino como seria viver há meio século atrás neste pequeno jardim à beira mar plantado e constato a realidade atual, mesmo tendo em conta o contexto pandémico conhecido, é incomensurável a distância entre aquilo que estava vedado e a imensidão de possibilidades que anseiam ser descobertas pela nossa imaginação, mais ou menos fértil.

Festejando esta liberdade conquistada, sinto que algo como Marraquexe aguarda por mim um dia e acredito que ansiosamente, do lado de lá do estreito onde desagua um mar quase lago e que há muitos séculos viu despontar, muitas vezes com sangue e morte, uma aurea de classicismo civilizacional que tanto me agrada e que deixou definitivamente para trás da etapa inicial da história da existência humana uma primitiva e irracional barbárie, poderei viver uma das etapas mais bonitas da minha existência.

dual 3.jpg

 

Great memory of a really busy day at the office...

Recordo-me bem deste dia, há já alguns anos atrás, mas não assim há tantos quanto isso. Na verdade, sendo pleno verão, era mais um dia de trabalho como tantos outros dias de trabalho em que os segundos, os minutos e as horas passam sorrateiramente, sem quase darmos por isso, porque somos felizes por fazer aquilo que tanto gostamos e para que nascemos. No entanto, inesperadamente, sem contar minimamente com isso, esse dia específico, ainda bem fresco na minha memória, tornou-se num verdadeiro busy day at the office, vá-se lá saber porquê...

busy 2.jpg

Saldos de Inverno 2021 - Must Have

Qual é coisa qual é ela que acabou de chegar com o início do ano? Os saldos de inverno, pois claro. Essa palavrinha mágica tão amiga da nossa carteira e dos bons investimentos, de todas nós, amantes de compras, que mesmo neste período pandémico não perdemos a tentação de acrescentar ao nosso closet aquele trapinho que andamos a namorar à meses ou uma oportunidade de última hora que ajuda a enriquecer ainda mais o armário das nossas preciosidades texteis.

De facto, saldos são também a altura ideal para renovarmos o nosso guarda-roupa, investindo em peças de maior qualidade a preços bem simpáticos. No entanto, e porque sabemos que a época dos descontos costuma ser sinónimo de compras desmedidas, muitas vezes de coisas que nem necessitamos ou que alguma vez usamos, sugiro que estabeleçam sempre previamente um orçamento ou que façam previamente uma wishlist, para que se compre do modo mais racional possível. Deixo então sugestões que considero imperdíveis...

Massimo Dutti

SAIA PLISSADA ESTAMPADA

Zara

Blusa C/ Renda

Tiffosi

Sobretudo comprido de pelo - Plano médio

Mango

Sapatos de tacão Blanco

Blanco

VESTIDO CARUSA FLUIDO...

Brownie

Levi's

Sale - ONLY - quilted jacket

C&A

Botim pele salto - Plano médio

Mango

VESTIDO COM EFEITO PELE

Zara

SAIA SINDRA EFEITO PELE TACHAS

Brownie

Vestido Azul

Tiffosi

Crop Top Blanco

Blanco

Inverno 2020 - Tendências

O verão virou-nos costas recentemente, apesar destes dias recentes mais soalheiros e aconchegantes e este tem sido o período ideal para revolver o closet e colocar na linha da frente do gavetório os nossos trapinhos mais quentes e adequados para a estação do ano mais fria que se aproxima a passos largos. Geralmente, essa tarefa traz consigo decisões de compra de alguns artigos que percebemos que estão em falta no nosso cardápio e que são um verdadeiro must in, no que diz respeito a tendências da moda atual.

Assim, por aquilo que tenho percebido das coleções que já espreitei, neste inverno os tons monocromáticos que costumam fazer furor nas estações mais frias e em que a natureza se apresenta menos colorida, continuam presentes, mas vão fazer-se acompanhar de uma enorme versatilidade em termos de cores. Neste inverno onde parece que tudo vale, será também obrigatório que os tecidos tenham brilho, além da tal variedade cromática. Laranja e magenta são dos tons que mais se encontram nas monstras, assim como o vermelho fogo e o azul elétrico.

A pele também é uma tendência declarada nas novas coleções, não só em casacos e saias, mas também os acessórios, mas sempre de origem sintética. Consequentemente, estampados a recordar animais, principalmente selvagens, estão também na ordem do dia. Em termos de combinação das peças e do corte, a jovialidade e a liberdade dos anos noventa, uma época marcada por algum exagero e exuberância e de onde sobressaíam jeans coloridos, blusas transparentes e vários tipos de aplicações e cores nas saias, foi inspiração para muitas coleções que combinam um estilo urbano e clássico, passando pela ganga e por peças confortáveis em tricot e malha e terminando nos padrões intemporais como o xadrez, o floral ou o já referido padrão animal.

Ah... não nos podemos esquecer das máscaras, o acessório improvável para a próxima estação e que obedece a toda esta exuberância e versatilidade. Também elas acompanham as tendências, devendo combinar com o restante look.

Que achas das novas coleções para o inverno que se aproxima? Identificas-te com alguma tendência?

Tendências outono inverno 2020 feminino: Cores, estilos, tecidos, peças e  FOTOS | We Fashion Trends

Botas para todos os tipos físicos - Outono inverno 2019/2020 | bemvestir®

As estampas do Inverno 2019 / 2020 em 4 super apostas | Juliana Bacellar -  Personal Stylist em Curitiba

Outono/Inverno 2020: confira 5 tendências de moda para a temporada |  anamaria

Máscaras: O acessório de moda 'improvável' de 2020

Moda outono inverno 2020 - Tendências e looks para arrasar na estação

Moda Outono/Inverno 2020: Bella Hadid fez uma aparição surpreendente na  passarela ao lado de modelos masculinos - Purepeople

 

Óscares 2020 - My Red Carpet

Em mais uma cerimónia dos Óscares, a Red Carpet acabou por despertar a minha atenção até porque, como se veio a verificar, não aguardava grandes surpresas no que diz respeito aos prémios, apesar de terem acontecido. Ficam então os meus destaques, no que diz respeito aos vestidos, de mais uma cerimónia plena de glamour e bom gosto!

imagens Vanity Fair.

Scarlett Johansson ficou muito gira neste vestido cinza e prateado cheio de detalhes preciosos, que parecem ter tudo a ver com a sua personalidade irreverente e divertida. Sendo um dos vestidos mais curiosos desta Red Carpet, é também um dos que melhor casou com a personalidade de quem o vestiu. Um dos meus preferidos!

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Fashion Gown Robe Scarlett Johansson Human Female and Person

 

Idina Menzel ficou uma verdadeira musa neste vestido que combina, na perfeição, com a sua personalidade introvertida e algo misteriosa, mas bastante glamourosa. Se houve um vestido na Red Carpet que parece ter sido feito mesmo propositadamente para a ocasião foi este trapinho absolutamente deslumbrante e que do decote aos detalhes, passando pelas variações de tonalidades neutras, deixou-me boquiaberta!

Image may contain Idina Menzel Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human and Person

 

A sempre esbelta Margaret Qualley não deixou os seus créditos em mãos alheias (ou corpo alheio), embrulhada neste espetacular vestido, cheio de extraordinários detalhes e que fizeram dela uma verdadeira rainha cheia de glamour. Foi um dos looks mais bem conseguidos, sem dúvida!

Image may contain Margaret Qualley Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human and Person

 

Um dos trapinhos mais irreverentes e sensuais da Red Carpet deste ano e que acabou por favorecer que o usou, além de destacar a sua personalidade foi este de Adriana Lima, uma das atrizes mais talentosas da atualidade e que acaba por potenciar todos os atributos do vestido que usou.

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human Person Female Wedding Gown and Wedding

 

Kylie Jenner deslumbrou, talvez em demasia, com o tecido de um vestido que mostrou uma das grandes tendências dos últimos anos e que adoro, o cai cai, mas não com este formato e este corte demasiado curvilíneo. Desiludiu-me imenso até porque coloco sempre enormes expetativas no seu trapinho.

Image may contain Clothing Apparel Robe Fashion Evening Dress Gown Kylie Jenner Human and Person

 

Whitney Cummings costuma ser uma das atrizes que melhor sabe destacar a sua feminilidade, fazendo-o desta vez num lindíssimo vestido vermelho que destaca todos os seus atributos. Mas acho que exagerou um pouco naquele efeito no decote. Mesmo assim, um dos meus preferidos, sem dúvida!

Image may contain Whitney Cummings Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human Person and Premiere

 

O exotismo também se pode manifestar na simplicidade e o de Ella Balinska ficou bem patente no sedutor encanto de um vestido com um corte magnífico, mas que dispensava, claramente, aquela sequência de tons de azul e roxo. Mas o trapinho é, realmente, qualquer coisa...

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human and Person

 

Eiza González raramente desilude e a brilhante simplicidade do corte deste vestido dourado demonstram-o mais uma vez. O meu preferido... Simplesmente fabuloso!

Image may contain Clothing Evening Dress Gown Apparel Robe Fashion Human Person and Eiza Gonzlez

 

Acho que esta exuberância de Suki Waterhouse não se adequa a uma Red Carpet oscariana e, por isso, não gostei desta escolha curiosa, que me pareceu algo vulgar. O próprio corte do vestido não a favorece particularmente. Mas os brincos são lindíssimos, admito!

Image may contain Suki Waterhouse Clothing Apparel Skirt Human Person Evening Dress Fashion Gown Robe and Female

 

Nicole Richie mostrou-me dois pólos completamente opostos, relativamente ao que se pode observar numa cerimónia deste género... Um tecido deslumbrante, rico, intensamente feminino e maravilhoso e que serviu para fazer um vestido que tinha tudo para ser um dos destaques maiores da cerimónia, mas que se espalhou ao comprido naquela cauda arrepanhada mesmo por cima do traseiro... Foi pena!

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Robe Fashion Gown Human Female Person Dress Woman and Wedding

 

Adoro este tipo de vestidos e a Rosie Huntington-Whiteley ficou lindíssima. O efeito do tecido nas mangas é delicioso e o decote é espetacular, perfeito para as suas medidas, assim como o corte retilíneo. Talvez tenha faltado ali um colar... Seja como for... Fabuloso!

Image may contain Rosie HuntingtonWhiteley Clothing Apparel Fashion Evening Dress Gown Robe Human Person and Dress

 

Kate Hudson disparatou neste cortinado que afiambrou de um qualquer castelo medieval italiano e que resolveu mandar costurar, até com um certo encanto e uma interessante dose de criatividaer, mas a verdade é que com aquele tecido pouco havia a fazer, na minha opinião... Detestei!

Image may contain Clothing Apparel Gown Robe Fashion Evening Dress Kate Hudson Human Person and Female

 

Adorei o tom e corte deste trapinho da Lily Aldridge, que só peca por ter ousado um pouco demais naquele detalhe lateral. Mesmo assim, para ele tenho apenas uma palavra... Fantástico!

Image may contain Lily Aldridge Clothing Apparel Gown Robe Evening Dress Fashion Human and Person

 

Hailey Bieber surpreendeu-me com este vestido que, apesar de ter alguns detalhes fabulosos, não valoriza particularmente a sua silhueta. A transparência e a abertura demasiado arrojada acabam por tornar um pouco vulgar o resultado final, já que, quanto a mim, mostra de modo pouco sensual algumas das partes do seu corpo.

Image may contain Hailey Rhode Baldwin Evening Dress Clothing Gown Robe Apparel Fashion Human and Person

 

Kerry "Cleópatra" Washington pecou num detalhe... Esqueceu-se do baú dos répteis. 

Image may contain Kerry Washington Clothing Apparel Human Female Person Sleeve and Dress

 

Madelein Petsch apostou no veludo, tecido que adoro, mas que, neste caso específico, pecou pelo exagero da abertura da cintura para baixo. Adorei a cor e os detalhes bordados. As sandálias são fabulosas!

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human and Person

 

Como seria de esperar, Sofia Vergara foi uma das musas maiores da passadeira deste ano. Apesar do déficit de arrojo, este vestido não deixa de exaltar todas as suas curvas, além de ser extremamente feminino e glamouroso, devido ao corte e à fluidez do tecido. Não faz particularmente o meu género, mas adorei o resultado porque acho que se adequa à personalidade da atriz.

Image may contain Sofa Vergara Clothing Apparel Evening Dress Gown Robe Fashion Human and Person

No tom do tecido, na vulgaridade do corte nos detalhes metálicos, Maude Apatow seguiu uma das tendências atuais, mas não gostei nada do efeito final. Uma das minhas maiores desilusões.

Image may contain Clothing Apparel Evening Dress Fashion Gown Robe Human Person and Maude Apatow

Blue Navy.

Eram dez e meia da manhã... A primavera daquele ano particularmente nefasto para quem tinha elevadas pretensões a sorrisos fartos e poses altivas, dava os primeiros passos no calendário, um pouco mais escorreitos no papel, do que propriamente na demonstração real e metereológica de algumas das suas melhores caraterísticas. Na passadeira asfaltada por cima de um empedrado inimaginavelmente perigoso para os meus botins, coberta por uma lingerie azul marinho push-up, com detalhes em renda e uma bolinha pequenina a imitar uma pérola no meio, umas meias ligas ligeiramente opacas, um vestido azul marinho, justo, mas ligeiramente evasé da cintura pra baixo, um pouco cima do joelho, com gola subida mas decote em bico mais ou menos pronunciado, uns botins pretos de salto com uns apliques metálicos atrás e um casaco de fazenda tipo marinheiro, olhava em frente, distraída do compromisso que me aguardava e dos sorrisos, ora inocentes ora indecentes, de quem comigo se cruzava, absorvida por aquele dilema que estava prestes a ser desvendado, logo ali, à entrada do café, duzentos metros à direita, passeio acima.

Confesso, já só tenho apenas uma vaga noção, quer do conteúdo desse dilema, quer do modo como ele se resolveu. Agora, aquilo que nunca mais esqueci desse instante e ainda hoje guardo com particular tremor bem no âmago do meu peito, é um maravilhoso par de olhos castanhos, que deslizou por mim abaixo, lentamente e com uma segurança, um vigor, uma confiança e uma firmeza tais, que me deixaram completamente desarmada e despida, como poucas vezes me senti nesta vida.

Nunca mais tinha passado por aquele local... até hoje. Soube que ia fazê-lo há quatro semanas atrás e, desde então, um estranho formigueiro foi-se instalando lentamente no meu corpo, de mãos dadas com aquela deliciosa ansiedade que exigia ao calendário que avançasse com o maior frenesim possível até hoje. Por isso a memória e o texto. Apesar de ter tentado replicar ao máximo aquele dia, quer no horário, quer no próprio outfit, porque sabia de antemão, como já referi, que hoje voltaria aquele local e tinha a secreta esperança de ser reconhecida, obviamente aquele par de olhos castanhos único não estava lá novamente, seguro, vigoroso, confiante e firme, à minha espera... Espero que não tenha sido por meros segundos apenas. Mas confesso, essa memória ficou gravada de modo tão profuso e indelével, que foi como se ele lá estivesse. Se estremeci e parei um pouco para saborear um pouco melhor aquele momento de pura nostalgia? Claro que sim... Quem não o faria?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub